Dicas para viajar sozinha por esse mundão

A Fernanda já está tem algumas viagens no currículo, agora está em um mochilão com o marido pela Europa. Mas acha que as viagens sozinhas também são ótimas e dá para conciliar com o relacionamento. Aqui ela dá algumas dicas para viajar sozinha.

Qual foi sua última viagem?

Estou em um mochilão de volta ao mundo com o maridão. Vamos viajar por um ano! Porém, minha última viagem sozinha foi para a Califórnia, primeiro a trabalho, depois emendei uns dias de turismo.

Dá para viajar sozinha mundo afora?

Tenho algumas experiências em viagens sozinhas e, apesar de adorar a companhia do maridão, eu amo as viagens solo e a liberdade que elas nos dão! Acredito que 3 delas são as mais bacanas que já fiz: Uma viagem pela região dos lagos do Rio de Janeiro, uma por San Diego e Los Angeles, na Califórnia e um mochilão pela Europa: Itália, Suíça, França e Holanda.

Dicas para viajar sozinha:

Quando viajamos sozinhas, precisamos de alguns cuidados extras. Seja no Brasil ou fora dele, eu nunca deixava claro para as pessoas que estava completamente sozinha, afinal em qualquer lugar do mundo podemos encontrar pessoas mal intencionadas. Na Europa, o único perrengue que passei foi em Amsterdam, quando um cara visivelmente bêbado me seguiu durante uns 15 minutos insistindo para que conversássemos. No mais, o segredo é ser discreta e ficar sempre atenta!

Como lidar com a comunicação:

Entre as dicas para viajar sozinha e ser bem recebida em todos os lugares é aprender algumas frases básicas no idioma local, como “Bom dia/ tarde/ noite! Por favor, você fala inglês? Pode me ajudar? Obrigada!” Com essas frases básicas, você certamente vai encontrar ajuda em qualquer país!

O que foi o mais gostoso de estar na estrada?

A sensação de liberdade e a adrenalina de conhecer o próximo destino é o que me move. Viajar é, para mim, a maior conquista que podemos ter!

E o que foi o mais difícil?

A saudade dos que ficam, claro. Nas viagens solo, a vontade de compartilhar os visuais incríveis com o maridão e a saudade da família e amigos queridos.

O que te preocupa antes de uma viagem?

Passar apuros em hostels e ficar perdida em cidades com idiomas difíceis de compreender. Esses sempre são os meus medos! Conheci muita gente que passou apuros consideráveis em hostels estranhos, companheiros de quarto mal encarados e vizinhanças perigosas.

Organização e pesquisa são algumas das dicas para viajar sozinha?

Sim, sou super organizada. Busco muitas referências antes de fechar um hostel, pesquiso as rotas entre a estação de trem e o local onde vou me hospedar, e, o melhor truque de todos, mantenho a calma, sempre.

E nessa viagem atual de volta ao mundo, passamos um pequeno apuro ao tentar chegar em Budapeste pela Croácia, mas não pesquisamos bem e não sabíamos que a fronteira estava fechada. Quase nos ferramos com os taxistas de má fé que queriam uma pequena bolada em euros pra nos levar para a Hungria. Demos meia volta e entramos na Eslovênia.

A melhor coisa de viajar:

Acumular conhecimento, sensações, sabores de comidas diferentes, fotos e lembranças para a vida toda. Ninguém tira de nós o que vivemos nas viagens!

Por Fefa Trindade

2017-07-25T15:14:55+00:00