Cuidados com os cabelos na estrada

Cabelo é um assunto bem pessoal. Ter cuidados com os cabelos na estrada varia de acordo com a pessoa. Algumas são super despreocupadas quando estão viajando e outras ficam a flor da pele só de imaginar viver longe de um secador. Não tem certo e errado.

Tem pessoas que são práticas e que morariam tranquilamente em um carro, que foi o que a Rachel Spencer fez durante uma viagem de volta ao mundo de quase quatro anos. Mas, para outras, pensar na possibilidade de não ter cuidados com os cabelos na estrada é um pesadelo.

Cabelos: um assunto pessoal

Cabelos! Para algumas pessoas algo muito importante para outras nem tanto! A Rachel conta que lembra de uma amiga da faculdade que acordava todos os dias as 5h30 para fazer escova no cabelo. A menina fazia tão bem que ela achava que o cabelo dela era daquele jeito. Até o dia que a menina contou que gastava uma hora todas as manhãs para ficar com os cabelos lindos!

Rachel sempre foi desligada em relação a esse assunto. Mesmo em São Paulo, ela sempre lavou o cabelo um dia sim outro não, e só com shampoo. Ela não usava condicionador e nunca precisou pentear o cabelo. Rachel conta que não tinha um pente desde que saiu de casa aos 16 anos! Além disso, sempre cortava os cabelos em qualquer lugar, de preferência o mais barato!

Cortar os cabelos durante uma viagem de volta ao mundo

Rachel conta que quando resolveu viajar o mundo de carro, o assunto cabelo não foi uma preocupação. Antes de cair na estrada, ela cortou bastante o cabelo e pensava que, em ultimo caso, não cortaria mais até voltar. Ela tenta usar franja, que é o que mais muda no curto prazo. Rachel conta que viu na tv um cabeleireiro cortando uma franja. Depois testou o método e conseguiu fazer sozinha durante a passagem pelo Chile.

Na Colômbia, a anfitriã Mari contou que ela mesma cortava o seu cabelo. No dia ela até cortou o cabelo da Rachel e a ensinou como fazer. No México Rachel cortou seus cabelos sozinha pela primeira vez e não pareceu ter feito nada muito absurdo! Durante a viagem ela conta que cortava sozinha seus cabelos porque achava necessário.

Shampoos

Em relação ao shampoos em todos os países é possível encontrar marcas da Unilever (Seda) ou da Procter (Pantene). Muitas pessoas sentem diferença no shampoo mas Rachel não sente tanto. Ela conta que pode usar o baratinho do hotel (muitas vezes lavou até com sabonete), Pantene, John Frieda ou Aussie que dá na mesma.

Cuidados com a Coloração

Para quem pinta o cabelo já seria mais difícil. As capitais sempre têm bons salões, mas geralmente as pessoas preferem alguém de confiança. Se achar que consegue fazer você mesma seria o melhor dos mundos! Também é importante saber exatamente a cor da coloração para poder comprar em outros países, caso resolvesse fazer sozinha.

Secador

Em uma viagem de carro, a questão do secador é a resistência. A energia que a Rachel tinha no carro não aguentaria um secador, teria que sempre usar a energia do camping.

O mais importante é isso não ser uma obrigação. Se um dia não deu para secar, paciência, dá um truque com um lenço, use um chapéu e divirta-se com a situação. Qualquer coisa que limite o lugar onde vai ficar pode virar um problema e viajando de carro em casal é muito importante estar alinhado com o parceiro para que ele entenda a importância disso pra você e isso não virar motivo de briga.  Aquela velha história que combinado não sai caro.

Rachel Spencer – A Rachel fez uma volta ao mundo de carro de 2013 a 2016 passando por 78 países. Se quiser acompanhar mais da viagem, é só acessar o Viajo logo Existo.

2017-07-13T13:27:09+00:00