Curso de Yoga na Índia! Está preparada?

Muitas pessoas sonham em fazer um curso de Yoga na Índia. E cada vez mais pessoas tem visitado esse incrível país com esse foco!

A Isabela do Day Trippers, estava em meio a sua viagem de volta ao mundo, quando resolver ir para um Ashram para fazer um curso de Yoga de um mês!

A Isabela foi para a cidade de Madurai, na região de Kerala e aqui ela conta um pouquinho como funciona o ashram onde você faz o curso:

Ashram é um centro de retiro espiritual. Normalmente ligado ao estilo e crenças de um guru em particular. São lugares em meio a natureza, que emanam paz, tranquilidade e uma atmosfera ideal para quem deseja se aprofundar na prática do yoga. Isso tanto no aspecto físico, como no espiritual. É também um local para fazer uma reflexão interna.

O dia a dia em um Ashram começa cedo e tem uma rotina bastante restrita, meditação antes do sol nascer, entoação de mantras, reza, prática de yoga, trabalho voluntário, estudo e palestras. Quase não sobra tempo livre e nos Ashrams mais tradicionais esperam que você siga à risca a programação. 

Que Ashram visitar?

Depende muito do que você busca. Precisa saber quanto tempo quer ficar, se pretende focar somente na prática do yoga ou também deseja conhecer mais o lado espiritual. Se quer um ashram mais popular ou mais tradicional. Existem vários tipos. Dos mais rigorosos onde você precisa ficar internada e seguir as regras do lugar, aos mais tranquilos onde você só participa do que achar interessante e pode sair quando quiser.

Para de fato mergulhar na experiência de um ashram na Índia eu aconselho os mais tradicionais. São lugares frequentados por gurus desde a Índia antiga. E isso não é apenas uma imersão dentro de si mesmo, mas também um imersão na cultura indiana que está extremamente ligada a isso.

Eu escolhi o Centro de Yoga Sivananda, do guru Swami Sivananda. Um Ashram super tradicional na Índia. Conhecido por focar mais no lado espiritual do yoga. Passei 30 dias nesse Ashram, seguindo a rotina diária com folga nas sextas feiras.

Há retiros curtos ou somente longos?

Há retiros espirituais que vão de 3 a 15 dias participando das atividades diárias do ashram (obrigatório presença em todas as programações), curso de medicina Ayurveda, programas de desintoxicação, yoga para crianças e o curso de formação de professores de 200 horas que foi o que eu fiz.

Foi o que você esperava?

Foi muito mais do que eu esperava, sempre li e ouvi de pessoas que é uma experiência transformadora, e de fato foi. Principalmente depois de tanto tempo viajando, vivendo o mundo externo, recebendo tanta coisa boa e com uma avalanche de informações para processar. Foi fundamental pra mim esse tempo de conexão com o meu mundo interno, uma experiência complementar à intensa viagem que é uma volta ao mundo.

É possível viajar enquanto se está no ashram?

Nesse curso de um mês tínhamos as sextas-feiras livre. Você pode sair para conhecer os lugares ou ficar no ashram. O pessoal do ashram que eu fiquei também organiza umas viagens para conhecer alguns templos da região, eu sai apenas uma sexta-feira para conhecer o templo de Ramanathaswamy na ilha de Rameswaram, no estado de Tamil Nadu.

E se envolver com a comunidade local?

Estar em um Ashram é um envolvimento com a cultura local, as pessoas que trabalham, todos os meus professores e grande parte dos meus colegas eram da Índia. Mas só tinha contato mesmo com a comunidade local nos dias de folga.

Para quem você recomendaria esse ashram que você visitou?

Para quem gosta de Yoga e deseja ir além de uma prática física. Para aqueles que desejam conhecer mais o lado espiritual dessa ciência milenar.

A Isabela acabou de voltar de uma volta ao mundo ao lado do marido Rafa. Para conhecer mais sobre a viagem deles é só acessar o site e o facebook do Day Trippers.

2017-07-19T18:03:16+00:00