Nova Iorque pode ser melhor do que você imagina!

A Júlia resolveu acompanhar a mãe em uma viagem para Princeton, nos Estados Unidos. O plano era “viver na cidade” por dois meses, mas, acabou se matriculando em um curso de business em Nova Iorque.

“Decidi ficar o tempo do meu curso direto em Nova Iorque e muitas questões passaram na minha cabeça: Será que vou conseguir fazer amigos? Será que vou conseguir ir nos lugares que quero conhecer? Será que os 8 anos de inglês vão dar conta? E se eu ficar sozinha? Mesmo com 28 anos e já tendo feito um outro intercâmbio quando mais nova, eu senti medo.

As respostas para todas essas questões vieram em um intercâmbio surpreendentemente maravilhoso. Resolvi continuar sem planos e deixava a minha vida acontecer naturalmente a cada novo dia!

Nova Iorque pode ser melhor do que você imagina, algumas lições que a Júlia aprendeu enquanto estava por lá:

  1. Se você estiver em um lugar novo com muitas pessoas que não conhece, não fique olhando só para o seu celular.
  1. Interaja com as pessoas no elevador. Graças a interação com um nova iorquino no elevador decidimos ir a uma balada que realmente foi o máximo.
  1. Seja simpática até para pedir informação pro segurança do museu, de repente ele pode ir com a sua cara e te dar ingressos de graça (não seja só por isso).
  1. Não deixe suas compras importantes para a última semana.
  1. Faz muito bem fazer amigos brasileiros. Não evite, mas converse sempre em inglês com eles. É maravilhoso ser brasileira.
  1. Energia negativa e pessimismo atraem energia negativa e podem comprometer a sua saúde. Energia positiva, claro, atrai energia positiva.
  1. Você vai aprender a lidar com as saudades.
  1. Mas de repente vai sentir falta de coisas que você nem gostava, mas que são muito brasileiras, tipo coxinha.
  1. Decore o número do seu celular, ou pelo menos não esqueça que seu whatsapp continua sendo aquele velho número do Brasil. Parece banal, mas você vai se arrepender muito se não fizer. #perdimeuamornabalada.
  1. Acredite nos seus amigos quando eles dizem que faz muito calor em Nova Iorque no verão, eu passei por dias muito mais quentes do que em Campinas no Brasil.

Mais lições:

  1. As pessoas andam na sua direção, falando sem parar, mas elas não estão falando com você, só estão falando no celular com o fone. Time is Money.
  1. Não fique comparando a sua viagem/intercâmbio com o de outras pessoas pelas redes sociais.
  1. Não tem companhia para ir em um determinado lugar? Se joga e vai sozinha mesmo.
  1. Às vezes tudo o que você precisa é passar algumas horas sozinha na livraria ou uma tarde olhando o rio Hudson.
  1. Acostume-se com as sirenes ou você vai ficar louca.
  1. Se o seu aniversário cai no inverno, comemore sempre ano e meio e aproveite no verão.
  1. Os taiwaneses tem um jeito muito parecido com os brasileiros. São carinhosos, afetuosos e muito carismáticos.
  1. Você tem quase 30 e vai ter amigos de 18 anos e outros de 40. Tudo bem, idade não é uma questão.
  1. I don’t care – de todas as formas. É isso mesmo. Eu não me importo se você é diferente, não me importo com o seu julgamento, “eu não me importo que horas você vai chegar, só vamos fazer dar certo”.

Continue nas dicas:

  1. Ninguém julga em Nova Iorque. Stop the hate.
  1. Não encane com o terrorismo e não perca o 4 de julho. Chegue cedo, vai valer a pena.
  1. É primeiro mundo, você pode andar com seu celular na mão às 11 horas da noite ou com seu notebook aberto no metro. Mas não largue seu celular carregando longe de você em um estabelecimento às 2 da manhã.
  1. Cuidado com os comentários em português. Tem brasileiro em todo canto.
  1. Você não está no Brasil, mas vai poder emendar um futebolzinho com happy hour. Acreditem, a hora feliz começa às 15:30 por lá.
  1. Você pode entrar na fonte para se refrescar. Nenhum policial irá tirar você de lá por isso. Divirta-se. Algumas pessoas que não falam com você há meses, vão querer vir falar com você e saber da sua vida. Você pode, mas eu escolhi não ignorar.
  1. Vai ter perrengue? Vai, mas tente enxergar o que tem de bom nisso, sempre tem. Por exemplo, a linda paisagem durante uma cansativa viagem de ônibus (mesmo quando ela já é a 5ª naquela semana).
  1. Converse até com o cara do balcão do bar. As pessoas tem muita curiosidade sobre o Brasil.
  1. Não fique só em Manhattan. Saia da zona de conforto. O Brooklyn é o máximo, o Queens é curioso e vale a longa ida pra Coney Island.
  1. Se você fizer amigos de outros países, peça para eles te levarem em algum restaurante de comida típica do país deles. Vai ser uma excelente experiência. Nova Iorque é a capital do mundo.

**Bônus: Não perca muito tempo no Google ou em guias procurando se aquele determinado lugar realmente vale a ida ou o que é possível fazer lá. Como diriam meus amigos de São Carlos: Só vá!!!. Se você for uma pessoa positiva, sempre vai valer a pena. **

Texto por Júlia Évora, se quiser saber mais sobre suas viagens é só acessar  Saindo por aí! 

2017-07-23T17:05:21+00:00