Frio na barriga: a decisão de viajar sozinha

Sim, a ideia de viajar sozinha pela primeira vez dá um baita frio na barriga. Mas, nada se compara com as experiências que você vive e leva com você. A sensação de liberdade e autoconhecimento não tem preço.

Comecei a amadurecer a ideia quando cansei de chamar amigos para viajar. Nunca coincidíamos o gosto pelo destino ou férias do trabalho. Foi ai que eu pensei: alonealone (sozinha). Era o único jeito. Minha mãe quase pirou!

E eu queria ir para Califórnia“Welcome to the Hotel California Such a lovely place”. Ahh aquele clima! Malibu, Hollywood, Venice Beach, San Francisco. Era pra lá que eu queria ir e fui.

Califórnia foi o meu primeiro destino internacional. Além da novidade de viajar sozinha, eu tinha pela frente outro desafio: o idioma. Não dominava o inglês, e confesso que ainda não domino. Só que isso não fez desaparecer a minha vontade de embarcar.

O segredo é pesquisar muito sobre o destino. E a partir dai começar a se organizar. Foram mais ou menos dois meses de planejamento. E pra vocês terem ideia, eu não sabia nem o que podia ou não levar na mala. E, todo o planejamento (roteiro, voo, hospedagem e etc) foi feito por mim. Planejei cada detalhe. Fui descobrindo várias coisas que eu gostaria muito de fazer/conhecer.

O desembarque no aeroporto

Desembarquei no aeroporto internacional de Los Angeles no dia 28 de julho de 2015, com o coração na mão, o medo era grande, mas a vontade de conhecer tudo aquilo era maior e acabou dando tudo certo. Acabei de voltar do Chile, e a experiência foi única novamente, dessa vez pensando bem diferente se comparado a 6 meses atrás.

Você pode chegar a um destino sozinho, mas com certeza não volta sozinho dele. Pessoas bacanas, e histórias incríveis voltam com você. Você se abre verdadeiramente para conhecer gente nova, passa a achar os hostels as melhores hospedagens do mundo, faz do tênis confortável o seu melhor amigo, conhece as coisas no seu próprio tempo e dedica um tempo exclusivamente a você.

Viajar sozinha proporcionou ver o mundo de outra forma

A vivência de novas culturas, novos lugares faz com que você passe a enxergar o mundo de uma nova maneira. Foi a melhor decisão que eu poderia ter feito por mim.

Texto por Fran Mariano.

2017-07-23T13:49:38+00:00